Português

Dia do Estatístico – 29 de Maio

29 de maio de 2020

“Comemoramos no dia 29 de maio o dia do Estatístico. A Estatística trata de informações (dados) das mais diferentes áreas, tais como economia, saúde, industrial, social e muitas outras. 

Faz parte da Estatística o estudo de fenômenos associados à aleatoriedade que gera um campo de incerteza. Como curiosidade citamos: um homem ganhou na loteria nacional espanhola com um bilhete que terminava com o número 48. Orgulhoso por seu “feito”, ele revelou a teoria que o levou à fortuna. “Sonhei com o número 7 por 7 noites consecutivas”, disse, “e 7 vezes 7 é 48”. Quem tiver melhor domínio da tabuada talvez ache graça do erro, mas todos nós criamos um olhar próprio sobre o mundo e o empregamos para filtrar e processar nossas percepções, extraindo significados do oceano de dados que nos inunda diariamente. E cometemos erros que, ainda que menos óbvios, são tão significativos quanto esse. (PRÓLOGO DO LIVRO O ANDAR DO BÊBADO – Como o acaso determina nossas vidas, Leonard Mlodinow, tradução Diego Álvaro, Editora Zahar, 2015). 

Como podemos observar, o acaso não é tão simples quanto tentamos parecer ser. Sua complexidade é inundada de aspectos que se não bem controlados afetarão por muito qualquer decisão que se venha tomar. As incertezas da grande parte dos fenômenos nos alertam que devemos ter ainda mais precauções aos estudá-los, e apoiado com metodologias capazes de mensurar o nível de incerteza tem permitido que se tome a melhor decisão possível. 

A etimologia da palavra Estatística, do latim status (estado), foi usada inicialmente para designar a coleta e a apresentação de dados quantitativos de interesse do Estado. Entretanto, a mera coleta de dados assim apresentados está longe de ser o que entendemos, hoje, por Estatística. Na verdade, sua feição essencial é a de ser um conjunto de métodos (métodos estatísticos), especialmente apropriado, no dizer de George UdnyYule (1871-1951), ao tratamento de dados numéricos afetados por uma multiplicidade de causas. Esses métodos fazem uso da Matemática, particularmente do cálculo de probabilidades, em muitas das etapas do uso da metodologia estatística, perpassando desde o planejamento, a coleta, a apresentação, análise, interpretação e a inferência dos dados associados ao fenômeno em estudo, seja este quantitativo ou qualitativo. (adaptado de José Maira Pompeu Memória, Breve História da Estatística, Embrapa, 2004). 

Hoje, em que muito se discute a eficácia ou não de um medicamento no tratamento de COVID-19, uma pandemia que vem se alastrando por todo o mundo, mostra-se mais nítido aos olhos da população a importância do método estatístico, mesmo que algumas linguagens pareçam ser muito, mais muito, estranhas para a grande maioria da população. Compreender fenômenos é um dos papéis que a Estatística desempenha e, o profissional em Estatística, é aquele capaz de apoiar as decisões de diversas áreas do conhecimento humano e científico. A natureza interdisciplinar da formação permite que este profissional possa atuar nos diferentes ramos, a partir de sua especialização. Sua formação requer habilidades e competências que o permitam desempenhar da melhor forma possível. Para além dos conhecimentos metodológicos, ter habilidade computacional e de diálogo com outros profissionais são fundamentais para sua atuação. 

Diante da importância deste profissional é que hoje, dia 29 de maio, damos os parabéns a todos os estatísticos em seu dia de celebração.”

Autoria do texto: Prof. Júlio Francisco Barros Neto, Prof. João Welliandre Carneiro Alexandre e Profa. Sílvia Maria de Freitas.

 

Uma dica de leitura: “Conheça histórias inspiradoras de quem transforma e teve a vida transformada pela Estatística” do Conselho Regional de Estatística – CONRE-3.

 

Parabéns a todos os Estatísticos e a todas as Estaticistas!

Departamento de Estatística e Matemática Aplicada da UFC.